Confeitaria Restaurante Cunha, Victor Palla e Bento d'Almeida ▬▬ Arménio Teixeira






























  

Notas de edição
Reportagem fotográfica de Arménio Teixeira da Confeitaria e Restaurante Cunha no Porto. Projecto dos arquitectos Victor Palla e Bento d'Almeida (1970-1973). Em Outubro de 2017, foi anunciado que a continuidade da confeitaria Cunha estaria em risco, tendo em conta a recepção de uma ordem de despejo. O edifício “Emporium”, projectado nos anos quarenta pelo arquitecto José Porto (segundo a Fundação Instituto Marques da Silva), foi recentemente adquirido por um novo proprietário.
Desde 2012, que Porto e Lisboa vivem em processo acentuado de transformação urbana. A afirmação dos seus centros históricos como peças estratégicas na afirmação do turismo como novo eixo económico nacional, a liberalização das rendas e do mercado imobiliário, os processos de reabilitação urbana e a incapacidade de resposta do Estado e das câmaras na mediação e na regulação desses processos de especulação imobiliária, são vectores essenciais para compreender um processo que tem alterado violentamente e em pouco tempo a composição social da cidade do Porto. Em Julho de 2016, a Câmara do Porto criou um programa “Porto de tradição”, que procura assegurar condições de permanência a lojas e comércio com mais de cinquenta anos. Critérios que, à partida, excluem a Cunha de qualquer quadro de protecção. Talvez, mais do que programas isolados ou a avulso, falte mesmo uma estratégia global, nacional, para o património construído, independentemente da sua cronologia. E, deste ponto de vista, um alvo fácil tem sido a arquitectura moderna no Porto, que parece carecer de um quadro legal de protecção rigoroso.
O trabalho desta dupla de arquitectos esteve recentemente em exposição no CCB, Garagem Sul, “Victor Palla e Bento d`Almeida: Arquitetura de outro tempo.” Sobre a exposição ler o artigo de Isabel Salema publicado no Público.

Imagens
As fotografias são todas da autoria de Arménio Teixeira

Arménio Teixeira
Arménio Teixeira nasceu em Matosinhos em 1969. Em 1990 frequentou o Curso de Fotografia no INEF, Porto. Desde 1991 até 2010 foi colaborador do fotógrafo Luis Ferreira Alves, tendo em simultâneo executado trabalhos de fotografia de arquitectura por conta própria. Desde 2011 exerce a profissão unicamente a título independente. A pós-produção das fotografias é feita pelo próprio. O seu trabalho é publicado em diversas revistas e livros nacionais como estrangeiras.

Ficha Técnica
Data de publicação: 30.10.2017

Ligações